quarta-feira, 22 de julho de 2015

Restos mortais encontrados em terreno do Exército podem ser de chileno.

A polícia suspeita de que os restos mortais encontrados nesta segunda-feira numa área de treinamento do Exército no Parque de Gericinó, em Mesquita, na Baixada Fluminense, sejam do chileno Leonel Brañas Muga, de 50 anos. Funcionário da Prefeitura de Nova Iguaçu, ele desapareceu no dia 1º de julho. O cadáver, esquartejado e carbonizado, só poderá ser identificado através de exame de DNA.
A polícia chegou até o local através de informações passadas em denúncias anônimas. Para desenterrá-lo, foi montada uma operação com policiais da Divisão de Homicídios da Baixada e da 53ª DP (Mesquita), além de bombeiros e homens do Exército.
fotos reprodução factualrj